Call of Duty: Black Ops II. A Activision e a Treyarch vão passar os próximos seis meses falando que esse jogo é uma continuação de um outro, mas o fato de o nome começar com “Call of Duty” nos lembra que o número II está longe de representar a continuidade nessa série.

Para falar a verdade, o mais certo ali seria um XII – ou XXII.

O primeiro Call of Duty foi lançado em outubro de 2003. O próximo vai chegar em novembro de 2012, logo a tempo do Natal. Em todos esses nove anos, vimos a série começar no PC e passar por – respire fundo – Mac, PS2, Xbox, GameCube, PSP, DS, Wii, PS3, Xbox 360 e iPhone. Existem versões de Call of Duty lançadas até para plataformas como o N-Gage e o BlackBerry.

Por todos esses anos e plataformas, existiram nove games “principais” na franquia – quatro deles se passavam na Segunda Guerra Mundial, mais três Modern Warfare e dois Black Ops. Quando alguém fala “Call of Duty”, normalmente quer dizer um desses games.

Mais existiram muitos outros. O primeiro Call of Duty para um console foi o Finest Hour, de 2004, um game paralelo ao original para PC – não era um relançamento. Call of Duty 2: Big Red One, de 2005, também traçou um caminho semelhante, emprestando a base da versão PC para se transformar em outro jogo nos consoles.

E foi assim com as adaptações seguintes para os consoles, pelo menos durante a época do PlayStation 2, e com as versões para portáteis de Modern Warfare. Mas até aí, até a versão para Blackberry se chama Black Ops, apesar de parecer um jogo de Amiga.

Eles lançaram até um pacote de expansão, o United Offensive, que adicionava algumas missões à campanha original no PC.

O chamado do dever

Todos esses games e plataformas somam dez estúdios diferentes que trabalharam na franquia. Alguns, como a Infinity Ward e a Treyarch, atuaram como os desenvolvedores principais. Outros, como a Raven e a Spark Unlimited, deram uma mão nas adaptações para outras plataformas, ou ajudaram de alguma forma com o multiplayer dos jogos.

Então quantos jogos tem a série Call of Duty? É difícil dizer com precisão. A divisão entre as adaptações e os games originais é um pouco complicada, já que algumas delas acabam sendo mais elaboradas do que um simples “port”. Mas de acordo com as minhas contas, se você contar cada adaptação como um jogo original, existem 19 games de Call of Duty já lançados.

Isso se você contar absolutamente tudo, desde os games para PC até os consoles, N-Gage e Blackberry – além dos jogos com zumbis para iOS que também carregam o título de C.o.D. O único jogo que eu não contei é o United Offensive, já que era definitivamente só um pacote de expansão.

O que significa que, se você realmente fizer questão de chamar Black Ops II pelo nome certo, vamos de Call of Duty 20.